back to top
19.6 C
São Paulo
segunda-feira - 15 julho 2024 - 13:57

SP: Secretário da capital prevê novo pico de internações em 15 dias

A projeção feita pela equipe aponta para o dia 10 de junho como possível dia de um novo pico.

“Toda nossa área de planejamento, na última sexta-feira, fizemos uma projeção e possivelmente no dia 10 de junho teremos um pico de internação semelhante ao pico da segunda onda, em 2 de abril. Ou seja, daqui 15 dias poderemos ter um outro pico muito alto, semelhante ao da segunda onda no começo de abril”, disse.

Segundo Aparecido, a taxa de ocupação em UTIs na cidade é de 83%. No Estado, os últimos dados divulgados, na última sexta-feira (28), apontam índice de 81,9%.

“No pico da segunda onda (começo de abril) nós tivemos uma ocupação de leitos de UTI de 93%. Depois teve uma queda, mas há mais de 18 dias temos um patamar muito elevado na taxa de ocupação, com 83% hoje dos leitos ocupados”, disse o secretário.

Edson Aparecido disse que, diante da projeção, a prefeitura de São Paulo tem adotado medidas para enfrentar o recrudescimento.

“Estamos terminando de instalar 19 usinas de oxigênio que adquirimos, fizemos a importação dos kits de intubações e estamos abrindo mais 250 leitos de UTI nos próximos 20 dias”, disse.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhar Artigo

BRL - Moeda brasileira
USD
5,4881
CNY
0,7551
spot_img

Popular

Artigos Relacionados
RELACIONADOS

Chindia: novo conceito que pode mudar paradigmas da geopolítica na Ásia

Filosofias antigas e política não-alinhada são centro de novas...

China cria sensor minúsculo que promete revolucionar tratamentos de doenças cerebrais

Pesquisadores chineses desenvolveram um sensor cerebral biodegradável de 2...

Geólogos chineses descobrem dois novos minerais

Dois novos minerais foram encontrados por geólogos chineses no...

Ascensão científica da China é prenúncio de queda ocidental, dizem analistas

A China superou os Estados Unidos em termos de...
Aceitar Notificação OK Não, Obrigado