20.7 C
São Paulo
sábado - 02 março 2024 - 06:10

Presidente da Pfizer se recusa a suspender as patentes de vacinas

O presidente da Pfizer, Albert Bourla, disse nesta quinta-feira(6) que rejeita a proposta apoiada pelos Estados Unidos de suspender temporariamente as patentes das vacinas para covid-19, mas sugeriu acelerar a produção nas fábricas existentes.

Em entrevista à AFP, Bourla disse que sua empresa, que desenvolveu uma vacina junto com a alemã BioNTech, “não é nada” favorável ao apelo americano para suspender as patentes que protegem o medicamento contra a covid-19.

O governo dos Estados Unidos chocou o mundo ontem ao anunciar que apoiaria o levantamento de patentes de vacinas anticovid e recebeu imediatamente o apoio entusiasmado da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Nesta mesma quinta-feira, a presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, disse que a UE está “pronta para discutir” formas de garantir que as vacinas cheguem rapidamente a todos os cantos do mundo.

“A UE está pronta para falar sobre qualquer proposta que responda à crise de forma eficaz e pragmática. É por isso que estamos prontos para falar sobre como o levantamento da propriedade intelectual pode ajudar a atingir esse objetivo”, disse o governante.

Até agora, a UE manteve-se firmemente contra os apelos à suspensão temporária de patentes de vacinas para acelerar as campanhas de imunização contra a covid-19.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Compartilhar Artigo

BRL - Moeda brasileira
USD
4,9525
CNY
0,6882
spot_img

Popular

Artigos Relacionados
RELACIONADOS

Macron fala em envio de tropas à Ucrânia; Kremlin diz que isso representaria ‘conflito direto com Otan’

O presidente francês, Emmanuel Macron, após uma reunião de...

Sem consenso sobre guerras, texto do G20 financeiro foca no combate à desigualdade

Sem consenso para um comunicado conjunto, o G20 financeiro...

O que a China conseguiu ao longo de uma década com estratégia de desenvolvimento regional

Nesta segunda-feira (26) completa o 10º aniversário do início...

Brasil, EUA, União Europeia, ONU: Mundo condena Israel, que segue bombardeando Gaza

O massacre de mais de cem palestinos, mortos por soldados...
Aceitar Notificação OK Não, Obrigado